QUEM SOMOS

A Vitrais Ton Geuer tem origem familiar. Na Alemanha, em 1859,
Heinrich Geuer (avô do Ton), que então tinha 18 anos, já trabalhava como vitralista.

Depoimentos

  • O vitral ficou excepcionalmente lindo, acima das minhas expectativas. Com certeza é pelo talento de vocês que há tantos anos a empresa existe. Não fiquei apenas satisfeita, como me tornei fã da arte de vocês.
    Fernanda
    São Paulo/SP
  • A Vitrais Ton Geuer está sempre presente nos meus projetos. Conquistaram minha fidelidade pelo profissionalismo e criatividade, aliados a qualidade, beleza e estilo de seus produtos. Após anos de parceria, hoje considero a Família Geuer, não apenas como fornecedores, mas também como amigos.
    Rosana Negreiros
    Campinas/SP
  • Parabéns à equipe dos Vitrais Ton Geuer pelo profissionalismo e muito bom gosto em fabricar lindas peças em vitral decorativo, valorizando e enaltecendo nossos projetos, colaborando para um resultado final inusitado e harmonioso que sempre agrada a todos os clientes.
  • Era um antigo sonho ter em casa uma preciosidade como esta. Agradeço a Vitrais Ton Geuer pela qualidade dos produtos e excelente serviço de instalação, que superaram em muito nossas expectativas. Parabéns à toda a equipe!
    Ciro
    Jaguariúna/SP
  • Uma amiga me indicou os serviços desta empresa e fui muito bem atendida. Realizaram vários projetos na minha residência nova. Fez toda diferença o trabalho deles na decoração de minha casa ,os vitrais ficaram como eu desejava e sempre me causam aquele sentimento de paz ao ver a luz refletindo neles...
    Lucia Aveiro
    São José dos Campos/SP
  • Tradição e modernidade caminham lado a lado e fazem da Vitrais Ton Geuer uma empresa única. Seus vitrais são verdadeiras obras de arte que valorizam ainda mais meus projetos.
    Adriana Bellão
    Campinas/SP
  • O trabalho da Vitrais Ton Geuer é simplesmente um espetáculo! Desde que vocês nos atenderam, viramos fãs incondicionais!
    João Paz
    Campinas/SP

HISTÓRIA

A Vitrais Ton Geuer tem origem familiar. Na Alemanha, em 1859, Heinrich Geuer (avô do Ton), que então tinha 18 anos, já trabalhava como vitralista. Mais tarde, se muda para a Holanda, convocado juntamente a outros artesãos pelo Bispo de Utrecht, que desejava difundir o catolicismo naquela região, predominantemente protestante. Lá ele se fixa, constitui sua família e abre um atelier, onde desenvolve seu estilo e sua técnica clássica.

Frits Geuer, filho de Heinrich (pai do Ton), descobriu cedo que herdara o talento do pai e procurou aprimorar-se indo para Munique cursar a Faculdade de Belas Artes. Regressando à Holanda em 1900, trouxe novas ideias e as colocou em prática, introduzindo, assim, o vitral moderno. Sua técnica era tão diferente e revolucionária que a Igreja não a aprovava. Um de seus trabalhos mais belos pode ser visto na Catedral de Leeuwarden, Holanda. Entretanto, por causa de seu pioneirismo, somado às dificuldades da Europa na época da II Guerra, e começa a se sentir pressionando para deixar o país, e isto é o que fez. Frits Geuer com sua esposa e dez filhos (entre eles, o então jovem Ton Geuer), partem para a Bolívia em 1937

Ton Geuer, na Bolívia, teve dificuldades para conseguir matérias-primas necessárias para confeccionar vitrais e, com seus irmãos, desenvolveu tinta artesanal, provando, deste modo, que herdara o talento de seus antepassados. Ton, que até então se mostrara tímido no ofício da família, começa a desenvolver suas técnicas ajudando o pai com alguns trabalhos.

Em 1960, Ton, com sua esposa e filhas mudam-se para o Brasil. Procurando meios de se instalar melhor, já na cidade de Campinas, Ton conhece um padre holandês, que apreciava os trabalhos da família Geuer, na Holanda, e o incentiva a seguir a tradição.

Logo surgem trabalhos em diversas igrejas espalhadas pelo país, tanto de criação como de restaurações de vitrais antigos. Com o passar dos anos, foi aprimorando sua arte, sentindo-se cada vez mais seguro e livre para criar e realizar vitrais das mais variadas maneiras, desenvolvendo novas técnicas e novas tendências, usando-as também em residências e comércios. Ton foi dono de uma sensibilidade ímpar, que se reflete em suas obras as quais, marcadas por sua característica própria, tornam -se inconfundíveis aos olhos dos verdadeiros amantes do vitral.

Dando continuidade aos mais de 8 mil projetos catalogados, trabalhos entregues em várias regiões do nosso país, e até internacionalmente, a empresa é, hoje administrada pela filha de Ton, Mathilda Geuer Simmelink e as netas Cristina Geuer S. Chaim e Sunniva Geuer Simmelink junto com uma equipe de profissionais que há anos dedicam-se diariamente à produção de inúmeras obras.

Soluções criativas para claraboias, janelas, portas, painéis de sinalizações comerciais, biombos, tampos de mesa, lustres, peças decorativas. Estilizado, clássico ou geométrico, o vitral faz de residências e comércios lugares únicos em bom gosto e bem-estar. As obras da Vitrais Ton Geuer estão presentes em várias cidades brasileiras, em diferentes estados e também no exterior, nos EUA e Europa.